Circulo Transpessoal de Mulheres

circulo

“A tarefa que se impõe à mulher de hoje é sanar a parte ferida da natureza feminina que existe no mais profundo de si mesma e da sua cultura.”
Maureen Murdock

O trabalho com o feminino é a minha casa. Onde cresci e não sabia. Onde a adolescente em mim sonhou e abriu asas para um mundo mágico e fascinante que lhe ensinou de onde vinha as mulheres.

Onde me fiz mulher em busca dessa ligação ao útero-terra-corpo, que perdi tantas e tantas vezes, e encontrei tantas outras, sempre regressando a mim mesma.

Quando comecei a abrir este trabalho a outras mulheres, abri-me à vida. Cresci tanto, com as minhas irmãs que me acompanharam ao longo de anos e cursos e danças, lágrimas, descidas ao submundo, caminhadas pela serra e muito riso sanador.

Parei quando a vida me levou a outras descidas a mim mesma.

E regresso.

Com mais silêncio interno. Mais simplicidade. Uma vontade doida de voltar a ter nas minhas mãos as mãos de outras mulheres.

Um circulo é um espaço sagrado. A celebração do feminino é um processo de cura profunda. Nós, mulheres, sabemos disso.

E é disso que falaremos.

Mais informações aqui.

A Celebração do Feminino e o Despertar da Sábia

Um círculo de mulheres é uma oportunidade de crescimento e de partilha a níveis de profundidade quânticos. Neste círculo, queremos despertar a sábia interna, a mulher que aprende o poder do silêncio interno e que se acompanha a ela mesma. A que conhece o seu corpo e a sua intuição. A que não tem medo de atravessar emoções e sabe integrá-las na vida de todos os dias. A Conselheira da Comunidade.

Temas a trabalhar:
– O encontro com o silêncio interno
– Ciclos internos e externos
– A criança ferida e a criança mágica
– A minha mãe e eu: etapas da jornada feminina
– Os ancestrais
– O corpo e as emoções
– O masculino, o poder interno e a intimidade
– Misticismo feminino: o poder do símbolo

Os temas não serão fechados. Como círculo que somos, as próprias participantes trarão ideias para trabalho, através das suas vivências e curiosidades.

O trabalho terá uma grande componente vivencial.